segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Mantenha o Seu Amor Aceso - Danny Silk

Autor: Danny Silk           
Ano: 2015
páginas: 182
editora: Chara


Relacionamentos! 
Relacionamentos são vitais para que nos tornemos pessoas saudáveis!
Se pararmos para pensar tudo em nossa vida envolve algum tipo de relacionamento, é impossível viver sem que estejamos ligados á alguém de alguma forma. Até  Mogli - o Menino Lobo -, precisou de um relacionamento com os lobos para sobreviver. Estamos o tempo todo nos relacionando com as pessoas. O problema é que se tais relacionamentos não forem bons todas as áreas das nossas vidas serão afetadas. Se não nos relacionamos bem com nossos pais, muito provavelmente não nos relacionaremos bem com os nossos conjunges e até mesmo com os nossos filhos, se não nos relacionamos bem com nossos chefes e colegas de trabalho, dificilmente seremos bem sucedidos em nossa carreira, e por ai vai...
No livro “Mantenha o seu amor aceso”, Danny Silk nos mostrará que é possível manter o amor aceso em todos os nossos relacionamentos, pois manter o amor aceso não é um sentimento, é uma questão de mentalidade, é um estado do coração. Para Silk, manter o amor aceso é um decisão que deve ser tomada em três pontos: Conexão, Comunicação e Limites. Discutiremos cada ponto individualmente.


CONEXÃO


"Pessoas Poderosas, Relacionamentos poderosos."

A primeira coisa que nós devemos saber é que temos o pode de escolher quem estará em nossas vidas. Infelizmente, existem pessoas que esquecem isso e não escolhem quem estarão ou sairão das suas vidas. Quando eu escolho ser uma pessoa poderosa, aquelas pessoas que não me fazem poderosa e/ou apenas me afundam, devem sair do meu círculo relacional.
“Pessoas poderosas assumem a responsabilidade por suas vidas e suas escolhas. Pessoas poderosas escolhem com quem querem estar, o que vão buscar na vida e como conseguirão ir atrás dessas coisas.”
Pessoas poderosas não dominam as outras, elas dominam a si mesmas. Pessoas poderosas se recusam ser vitimas dos outros. Pessoas poderosas são quem elas dizem que são.

"Acenda o seu amor"

Depois que aprendemos que somos nós quem decidimos com quem nos relacionaremos é importante entender que estamos sempre enviando e recebendo mensagens nos relacionamentos, e ainda, saber se tais mensagens estão sendo interpretadas de maneira correta. Neste capítulo, Silk nos fala sobre as 5 linguagens do amor. As Cinco Linguagens do Amor, livro de Gary Chapman, descreve cinco categorias de comportamentos que usamos para transmitir mensagens do amor, mas que podemos usar tais categorias para entender as mensagens em todos os nossos relacionamentos. Entender essas categorias nos ajuda a identificar exatamente como estamos criando experiências que promovam ou desanimam os sentimentos de conexão.
As Cinco Linguagens do Amor são: Toque, Atos de serviço, Presentes, Tempo de Qualidade e Palavras de Afirmação. (Para saber melhor sobre cada linguagem eu aconselho que você leia o livro As Cinco Linguagens do Amor- Gary Chapman.)


A Batalha entre o Medo e o Amor

 Muitas vezes nós não damos a devida chance ao amor por causa do medo. Medo de não ser correspondido, medo por pensar no que as pessoas possam nos achar bobas, medo por n motivos. O medo e o amor possuem missões opostas, tais sentimentos não podem coexistir em uma pessoa ou em um relacionamento. Se você escolhe amar, não pode deixar o medo te dominar.

“Porque Deus não nos deu espírito de temor, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.”


Construindo Relacionamentos saudáveis

“O amor incondicional diz: Não importa o que você faça, vou perseguir o objetivo da conexão com você.”
Para que um relacionamento seja saudável é necessário que tal relacionamento possua sete pilares em sua fundação: Amor, honra, Domínio próprio, responsabilidade, verdade, fé e visão.
O pilar do amor compreende em um compromisso, uma ação e um resultado: “Eu me importo com você e valorizo tudo em você.”
O pilar da honra nos permite manter altos níveis de valor em relação ás pessoas e manter a fé nelas.
O pilar do domínio próprio significa que você pode dizer a si mesmo o que fazer, e você pode se obrigar a dizer isso, “Domínio próprio é a essência do que significa ser uma pessoa poderosa”.
Responsabilidade é: “A habilidade para responder ou a capacidade de enfrentar qualquer situação e fazer escolhas poderosas que são compatíveis com quem você diz que é. É a recusa em fugir das dificuldades ou de qualquer parte da vida ou da realidade de que se possa não gostar. Quando você assume a plena propriedade de sua vida esse modo, adquire confiança e ímpeto para tomar boas decisões.”
Pilar da verdade: “Eu demonstro confiança ao lhe dizer a verdade.”
O pilar da é construído em um relacionamento quando decidimos e nos comprometemos em manter Deus como fonte e autoridade fundamental em nossas vidas.
O pilar da visão é para estabelecer suas metas e o lugar onde você deseja chegar. Só uma visão bem estabelecida pode dar um propósito e a quantidade de dor que você suportará para alcançar seu objetivo.

A qualidade do que você está construindo cabe, definitivamente, a você!


COMUNICAÇÃO


COMUNICAÇÃO: COMPARTILHANDO A VERDADE INTERIOR

“A boca fala daquilo que o coração está cheio”. Esta é uma verdade fundamental. A comunicação expõe  que se passa dentro do coração do homem. Mas, o grande problema é que as pessoas ainda possuem medo de expressar realmente aquilo que se passa dentro de si, mas se nós nunca aprendermos a valorizar e entender o que se passa dentro de nós, como poderemos valorizar e entender o que se  passa com outra pessoa?
Quando a gente entende que é necessário externar de maneira sincera o que se passa dentro de nós é que conseguimos nos comunicar de maneira assertiva.

O CICLO DA CONFIANÇA

Fomos projetados para viver com base na confiança. A primeira coisa que a criança aprender é a confiança. Eu tenho um irmão que ainda é um bebê (ele tem um ano e sete meses de de idade), ele corre, pula, sobe e desce o tempo todo. A brincadeira que ele mais gosta é quando eu o coloco em cima da cama e ele corre e pula no meu colo. Ele pede para que a brincadeira se repita por várias e várias vezes. Sabe por que ele pula da cama sem medo algum? Porque ele sabe que eu estou lá para segura-lo e não o deixarei cair. Isso é confiança!

COMUNICANDO-SE NO CONFLITO

Quando duas pessoas escolhem andar juntas em um relacionamento, a questão não é se irão passar por conflito ou não (pode ter certeza que irão), a questão é se quando o conflito chegar é se elas saberão como contorna-lo e passar por ele sem danos profundos. Como Silk diz “O conflito é para o relacionamento o que a doença é para o corpo.” Devemos evitar o tanto quanto possível um conflito, mas, quando o bendito aparecer, devemos passa por ele de uma maneira saudável e produtiva de modo que a relação seja fortalecida.

LIMITES

Chegamos a reta final do livro. Até aqui conseguimos perceber que para ter relacionamentos poderosos é necessário que nos esforcemos para nos conectar com as pessoas, e ainda, é necessário que exista comunicação assertiva. Para fechar com chame de ouro, Silk nos mostra o quão importante é delimitar nossos relacionamentos, o quão importante é, saber até onde as pessoas devem chegar na nossa intimidade.

NÍVEIS DE INTIMIDADE

Nem todas as pessoas possuem o mesmo acesso á sua nossa vida particular! Nós somos responsáveis por administrar diferentes níveis de intimidade, responsabilidade, influência e confiança junto as pessoas que fazem parte do nosso ciclo relacional.
Devemos aprender a hora certa de dizer o sim e o não ás pessoas, fazendo-as entender que os limites que estabelecemos não servem para ofender ou agrada-las, mas, para proteger a sua intimidade tanto pessoal quanto familiar.


DIRETRIZES PARA ESTABELECER LIMITES

“Ninguém ganha quando escolhe ser impotente contra os problemas, isso apenas cria mais problemas.”
Só estabelecemos limites quando deixamos de ser impotentes e começarmos a exigir respeito em nossos relacionamentos. Sobretudo, quando entendemos que somos nós que estabelecemos até onde cada pessoa deve ir em nossa intimidade.
“Quanto mais você respeitar o valor da própria vida cultivando seu jardim, mais criará uma atmosfera de respeito ao seu redor.”

VOCÊ APRENDEU A AMAR?

Manter o amor aceso é uma coisa difícil de fazer, mas, para construir relacionamentos saudáveis e duradouros manter o amor aceso é a única opção.
Danny Silk nos ensina através de experiências pessoais que é possível sim manter o amor aceso.
E ai, qual vai ser a sua decisão? Se você escolheu manter  amor aceso, não deixe de ler esse livro.

Sobre o autor:


Danny Silk serve na Equipe Administrativa Sênior da Bethel Church em Redding CA. Ele é diretor do Global Transformation Institute  e supervisiona o desenvolvimento da equipe de trabalho da Bethel. Danny e sua esposa Sheri são os fundadores dos Serviços Educacionais Loving on Purpose, um ministério voltado para as famílias e comunidades em todo o mundo. Eles são casados há mais de 28 anos e possuem três filhos e três netos.








Thamires Vasconcelos
Cientista Natural; Cristã; Bookaholic.
email: thamiresrcosta@gmail.com
instagram: @thamirevasconcelos
snapchat: thamiresrcv
facebook


20 comentários:

  1. Esse livro é maravilhoso, já li a um ano e meio atrás e amei relembrar os tópicos . Bom demais !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii Dea, é realmente um livro fantástico, né?
      Muito obrigada pela visita.
      Bjooo

      Excluir
  2. Não tenho o hábito de ler autoajuda, mas você expôs cada ponto de forma tão instigante que acabei ficando curiosa.
    A forma como o autor estruturou os tópicos para manter o amor aceso também é bem interessante.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Paty.
      Fico feliz que tenha gostado. O livro não é bem autoajuda não, rsrs, ele é muito bom, vale a pena conferir.
      Bjooo

      Excluir
  3. Que lindo, a capa é maravilhosa e devo admitir que ainda não conhecia o livro, eu adorei♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii
      Fico feliz que tenha gostado.

      Obrigada pela visita. Bjoo

      Excluir
  4. Auto-ajuda não faz parte dos meus gêneros favoritos, mas a premissa me parece interessante o bastante para arriscar! Ainda não conhecia o autor ou a editora, mas irei pesquisar mais sobre e tentar arrumar um tempinho para esta leitura ♥

    ResponderExcluir
  5. Oi, Larissa.
    Ele não é bem autoajuda não. rsrs Eu dia que é um livro devocional.rrs
    O autor é fantástico, é americano e tem muuuuuuuitos livros publicados. A editora é muit especial também, uma das minhas favoritas e parceira aqui do blog.
    Pesquise mais um pouquinho mesmo, tenho certeza que você não vai se arrepender.
    Muito obrigada pela visita.
    Bjooo

    ResponderExcluir
  6. Não é o tipo de livro que estou procurando no momento, mas os tópicos levantados são interessantes e até importantes para a nossa vida. Não vou dizer que vou ler já, mas vou deixar a dica anotada, quem sabe mais para frente acabe encarando.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi..
      Faça isso mesmo. Existem livros que deverão ser lidos em épocas ímpar em nossas vidas para fazer a diferença.
      Muito obrigada pela visita.
      Bjoo

      Excluir
  7. Oii, o livro parece ter uma leitura bem impactante, no sentido de nos fazer abrir os olhos para essa questão dos relacionamentos. Com certeza quero ler esse livro.

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi...
      Com toda certeza. Danny Silk tem uma bagagem surpreendente que traz esse efeito em seus livros.
      Obrigada pela visita.
      Bjoo

      Excluir
  8. Oii, tudo bem?
    Ainda não conhecia o livro, mas não sei se é algo que eu leria. Não parece ser o meu estilo. Mas ainda assim ele parece ser legal e fala sobre temas bem importantes. Afinal nossa vida é rodeada de relacionamentos, de todos os tipos :)
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gi.
      Os relacionamentos são a base para o nosso crescimento.
      Muito obrigada pela visita.
      Bjo..

      Excluir
  9. Olá, apesar de ter achado as capas linda, não foi um tipo de livro que me interessou. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiii,
      Que pena, Gleyse.
      Muito obrigada pela visita.
      Bjoo

      Excluir
  10. Oi Thamires!
    Que livro interessante.
    Gostei de como o autor aborda os relacionamentos. No quesito conexão eu estou indo até que bem, nos limites também, mas na comunicação eu peco um pouco. Adorei a sua resenha, parabéns!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu.
      Fico feliz que você tenha gostado.
      Muito obrigada pela visita
      Bjo

      Excluir
  11. Oi Thamires, tudo bem?
    Achei interessante a maneira como o autor aborda os relacionamentos, porém não gosto muito de ler auto-ajuda ou similares. Ainda é um gênero que tenho dificuldade de digerir mas anotei a dica e vou passar adiante.
    beijinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila.
      Acho que predeciso melhorar um pouco a resenha... rsrs todo mundo entende o livro como autoajuda e não é.. rsrs
      Mas, fico feliz que você tenha gostada da abordagem do autor.
      Muito obrigada pela visita.
      Bjoo

      Excluir

Olá!
Sua opinião é muito importante pra mim!
Deixe um recadinho. :D